Usina de Barbalha volta a funcionar em 8 meses




A Usina Manoel Costa Filho, em Barbalha, deve voltar a funcionar em, no máximo, oito meses. A informação é do grupo de empresas que assumiram, na manhã desta segunda-feira (24), o comando
a Usina paralisada a mais de uma década.

Durante o evento, o engenheiro responsável pela reativação da Usina, Jader Bezerra, disse que, ainda, esta semana deve iniciar os trabalhos de limpeza e recuperação do maquinário. O Consórsio que assumiu a Usina é composto por seis empresas com atuação em países da América Latina, Ásia e Europa.

Com a assinatura do contrato, a Usina passou a se chamar "Usina Cariri". Até o início das atividades de moagem a Usina deve gerar 1.200 empregos diretos. O consórsio promete investir cerca de R$ 176 milhões ao longo de 5 anos.

O evento de entrega foi organizado pelo Governo do Estado e contou com as presenças do prefeito de Barbalha, Zé Leite, secretários, empresários e lideranças políticas.

Fonte: Madson Wagner

Comentários