Região do Cariri lidera apreensões de armas de fogo no Estado do Ceará



A Área Integrada de Segurança 11 (AIS 11), localizada na Região do Cariri, lidera as apreensões de armas de fogo no Estado. Em janeiro e fevereiro de 2015, já foram retiradas de circulação 146 armas de fogo, ou seja, 22 a mais do que no mesmo período do ano passado. Os resultados positivos decorrem a ação conjunta entre os órgãos de segurança que atuam na Região do Cariri.

Nos feriados dos dias 24 e 25 de março, correspondentes ao aniversário de nascimento do Padre Cícero em Juazeiro do Norte e ao dia da abolição da escravidão no Ceará, a Polícia Militar registrou a apreensão de uma espingarda, tipo soca-soca, durante uma abordagem realizada na cidade de Antonina do Norte na terça-feira. A arma foi localizada na residência de Maria Marisa da Silva,40 anos, após denúncias de que naquela localidade havia um indivíduo foragido da justiça.

Na quarta-feira, um revólver taurus, calibre 32, desmuniciado, foi apreendido na cidade de Juazeiro do Norte após informações que uma dupla de indivíduos tentava praticar roubos no bairro Romeirão. A dupla foi perseguida por populares, mas conseguiu empreender fuga abandonando duas bicicletas e a arma de fogo, motivo pelo qual os objetos foram apresentados na Delegacia de Polícia Civil.  

Além disso, três espingardas e sete cartuchos calibre 12 foram localizadas na cidade de Missão Velha pela equipe do Batalhão de Polícia de Meio Ambiente. O indivíduos Antônio Pereira da Silva, 44 anos, foi preso em flagrante no Sítio Taboca, na zona rural. Em seguida, os Policiais Militares seguiram para Caririaçu com o objetivo de averiguar denúncias em desfavor de Cícero Pereira da Cunha, 62 anos. Na residência do mesmo foram localizadas três espingardas e um rifle Winchester cal.44, além de cartuchos e recipientes com chumbo, espoletas e pólvora.

De acordo com o comandante do 2º BPM, Major Paulo Hermann Fernandes Macedo,  a atuação policial é focada no combate à criminalidade em geral, mas tem sido direcionada de forma mais incisiva para coibir o porte ilegal de arma e o tráfico de drogas afim de que se reduzam os crimes violentos contra a vida e contra o patrimônio. A AIS 11 abrange 25 municípios do interior, incluindo cidades de porte econômico e populacional expressivo, como Juazeiro do Norte e Crato.

DN

Comentários