Transporte escolar na mira do TCE



O Tribunal de Contas do Estado (TCE), em parceria com Secretaria de Educação do Ceará (Seduc), anunciou fiscalização no transporte escolar público. A ideia é intensificar o acompanhamento no interior, onde várias denúncias se acumulam nos órgãos.

A mira do TCE e da Seduc está insegurança dos transportes. A fiscalização foi motivada pela morte da estudante de Porteiras, Ana Laise. A aluna tinha apenas 6 anos de idade e foi vítima da insegurança de um transporte.

No Cariri, apesar do acidente em Porteiras, os inspetores começaram os trabalhos por Jardim. O município sofre com problemas que vão desde a má qualificação dos motoristas, até veículos desabilitados para o serviço.

Até agosto todos os municípios do Cariri devem receber a fiscalização. A auditoria, ainda, não tem objetivo punitivo. Por enquanto é corretivo.

Madson Wagner

Comentários