» » » Estudantes e professores aflitos com o fim do Centec


Discussões sobre o possível fechamento das unidades educacionais do Instituto Centro de Ensino Tecnológico (Centec) e as Faculdades de Tecnologia (Fatec), localizados no Cariri, em Juazeiro do Norte; e no Sertão Central, em Quixeramobim, deixaram alunos e professores aflitos nos últimos dias.
Segundo Michel Bezerra, professor e membro do Conselho Administrativo do Centec, os profissionais receberam a confirmação do fechamento e foram informados, pelo diretor-presidente do Centec, Francisco Lopes Viana, na sexta-feira (20), que o governo do Estado pretende transformar as unidades de ensino superior em Instituto Federal, o que, para ele, seria algo difícil de acontecer já que diante da atual crise nacional vários recursos foram cortados.
Temor
Muitos alunos ficaram preocupados em não poder concluir os seus cursos. Na página da rede social da Instituição, vários estudantes se manifestaram sobre a atual situação "as únicas informações passadas para nós, alunos, é que não seremos prejudicados, porém nada foi dito com clareza e total certeza. Nos importamos com a instituição e queremos que ela prossiga na formação de profissionais capacitados e que são de grande importância para nossa região", afirma Sarah Silva, aluna do Centec de Juazeiro do Norte. Essa postagem teve quase 200 compartilhamentos.
Diante da preocupação manifestada por muitos alunos, de não poderem concluir os seus cursos, o professor Michel Bezerra afirma que não haverá prejuízo nesse sentido: "é um ponto extremamente importante destacar que os alunos matriculados nos cursos em funcionamento poderão finalizar. Até o ultimo aluno concludente haverá aula. Os prejuízos poderão ser sentidos pela sociedade e os mais de cem funcionários e para as empresas que estão vinculadas às prestações de serviços. O Centec atua na extensão, na pesquisa e na pós-graduação. E não haverá vestibular para 2016".
Segundo o Sindicato dos Docentes do Centec, ainda não houve nenhum contato direto com o governador do Estado, Camilo Santana, mas uma comissão está sendo organizada no intuito de buscar uma audiência para sensibilizá-lo, já que o mesmo já foi professor da unidade em Juazeiro do Norte.
Esclarecimento
Em entrevista exclusiva, o titular da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Educação Superior (Secitece), Inácio Arruda, esclareceu o que, de fato, irá acontecer. "Nós estamos convencidos que é preciso ampliar a estrutura de Educação Técnica e os alunos da Fatec serão, na verdade, transferidos para o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE). Não haverá prejuízo para nenhum aluno. O IFCE é uma escola de excelência. Não haverá perdas. Ao contrário, vai qualificar e com capacidade de expansão. Não tem que ter receio. A previsão é que isso aconteça no próximo ano. O governo passa, assim, a compartilhar conosco o movimento que temos feito com escolas técnicas com a formação média", afirmou o secretário. Sobre a situação dos professores e técnicos da Instituição, Inácio Arruda afirmou que eles serão mantidos em um programa de transição, mas que depois da transferência serão obrigados, por determinação legal, a realizar um concurso público para se adequarem a nova instituição.
Sobre a Instituição
O Instituto Centro de Ensino Tecnológico (Centec) é uma Organização Social (OS), criada em 9 de março de 1999. Em Juazeiro do Norte, são oferecidos os cursos superiores de Tecnologia de Alimentos, Irrigação e Drenagem, Manutenção Industrial e Saneamento Ambiental; e os cursos técnicos de nível médio em Eletroeletrônica, Eletrotécnica, Mecânica e Meio Ambiente, autorizados pelo Conselho de Educação do Ceará (CEC). Além disso, a Faculdade disponibiliza, em nível de pós-graduação, o Curso de Especialização em Agricultura Irrigada.
Já em Quixeramobim, são oferecidos os cursos superiores de Tecnologia de Alimentos e Agronegócio e as especializações em Apicultura, Bovinocultura Leiteira, Saúde e Segurança Alimentar.
O Centec presta serviço à população cearense e de Estados vizinhos por meio de suas unidades operacionais distribuídas estrategicamente em todo o Estado do Ceará, os Centros Vocacionais Técnicos (CVTECS), os Centros Vocacionais Tecnológicos (CVTS) além das estruturas físicas de duas Faculdades de Tecnologia (Fatecs), perfazendo, com todos estes órgãos um total de 4.597 alunos matriculados no ano de 2015.
As Fatecs em Juazeiro do Norte e Quixeramobim prestam serviços educacionais gratuitos com cursos técnicos, tecnológicos (superiores) e de pós-graduação em diversas áreas estratégicas de ensino.
O secretário Inácio Arruda e o diretor-presidente do Centec, Francisco Lopes Viana, irão se reunir, nos próximos dias, para tratar desse assunto.
Fonte: DN

About Cariri como eu vejo

Olá! Eu sou Leo design web.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply