» » » Governo do Estado vai liberar R$2,5 milhões para trabalhadores rurais construírem poços profundos



O governador Camilo Santana recebeu no começo da noite dessa segunda-feira (23) uma comissão de representantes da Federação dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais na Agricultura no Estado do Ceará (Fetraece), que faziam uma manifestação no Palácio da Abolição, em Fortaleza. Ele se reuniu com os trabalhadores, acompanhado dos secretários Élcio Batista (Gabinete do Governador), Francisco Teixeira (Recursos Hídricos), Dedé Teixeira (Desenvolvimento Agrário) e Acrísio Sena (Acolhimento aos Movimentos Sociais), entre outros representantes do Governo. "Nós estamos do mesmo lado. E quando eu digo isso é porque tanto o Governo quanto os trabalhadores, nós temos os mesmos sonhos, buscamos o mesmo ideal para o nosso estado. Queremos que esse seja um lugar mais justo e melhor para as nossas famílias, para todos nós. Por isso, estamos sempre abertos a todo tipo de diálogo", afirmou o governador ao abrir a negociação.

O principal ponto da pauta debatida foi a implementação de mais ações de acesso à água, além das 1.200 intervenções que o Estado já fez neste ano, em 125 municípios cearenses, construindo novos poços e instalando dessalinizadores e chafarizes em antigos. Ficou acertado que, paralelamente às ações do Governo, será firmado de imediato um convênio com a Federação no valor de R$ 2,5 milhões, para que a própria associação de trabalhadores fique responsável pela construção de 100 novos poços em comunidades rurais assistidas pela Fetraece. Outros 25, que precisam ter a instalação concluída, serão finalizados pelo Governo até dezembro. Camilo Santana também se comprometeu a agilizar processos de regularização fundiária e buscar reforços junto ao Governo Federal, especialmente em programas como o Água Para Todos, São José, de cisternas de placa e reuso de primeira e segunda água.
Assessoria SDA

About Cariri como eu vejo

Olá! Eu sou Leo design web.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply