» » » É possível comemorar o Dia dos Pais sem ter um?



Por vários motivos muitas pessoas irão passar o Dia dos Pais longe do seu pai, ou por estar distante por estar estudando em outro país, por estar tentando uma vida melhor a trabalho em outra cidade, já ter falecido, algum mal resolvido ou uma briga, por nem o ter conhecido ou por falta de aproximação, uma indiferença ou falta de interesse por uma das partes.
Existem vários motivos.
Nessa época em que a mídia populariza tanto essa data, alguns pais e filhos sofrem por não terem com quem compartilhar essa data tão especial que é o Dia dos Pais.
Na escola a crianças que fazem desenhos, lembranças, ensaiam apresentações e não terão o seu pai para compartilhar desse momento.
O amor de pai é diferente e faz falta.
Todos precisam desse amor, dessa referência de pai. Quando isso não ocorre, sempre falta uma parte. Fica um vazio.
Então, por vários motivos, essa figura paterna não está presente, então o que fazer?
  • Alguns colocam no lugar o irmão mais velho por ter ajudado na criação, pelos conselhos e pela referência.
  • Escolhem um tio, que lhe orientou.
  • Um amigo da família.
  • O Avô.
  • Alguns escolhem a mãe como única referência para os dois papéis.
Então, o que nos faz eleger alguém para esse papel de pai?
Normalmente são com essas características:
  • Demonstração de amor.
  • Demonstração de cuidado.
  • Com conselhos em algum aspecto da vida.
  • Cumplicidade.
  • Ajuda.
  • Confiança e motivação.
  • Admiração.
  • Os puxões de orelha e broncas.
  • Saber ouvir nos momentos de dúvidas como profissão, namoro, trabalho, estudos.
Assim como o seu pai biológico não é perfeito, o que por algum motivo você escolheu também não é. E você quando tiver filhos também não será. Claro que alguns se esforçam mais com a paternidade e a leva a sério. Não estou justificando um pai que simplesmente abandona o seu filho.
Então, se por algum motivo você não vai estar com seu pai no dia dos pais, com certeza ele entenderá. Seu pai o ama e torce por você, espera que você seja o melhor no que decidir ser. Não fique triste, se faça presente de alguma forma, seja por mensagem, um presente, telefonema, uma carta... Mesmo nessa era digital parar e escrever será um tempo seu dedicado para ele para expressar seus sentimentos.
Se o seu pai já faleceu, sabemos que essa partida faz parte do curso da vida e que não depende de nós, até porque se fosse depender de nós eles não iriam.
Se há algum mal-entendido para resolver ou falar, procure seu pai e fale, não o julgue. Se estiver sofrendo com a situação é por que há um sentimento de amor ainda aí dentro do seu coração e não vale a pena carregar isso, não faz bem. Seu pai merece seu respeito. Mesmo que cada um tenha seu motivo para estar nessa situação, sempre é possível escolher viver melhor, mais leve. Penso que seu pai também não deve se sentir bem com essa situação. Então, o que fazer? Brigar com pai e mãe nunca faz bem. Se escolher não brigar irá achar uma resposta dentro de você para ter um relacionamento saudável.


Se você nunca conheceu seu pai ou não tem muita aproximação, a vida nos proporciona várias maneiras de exercitar a resiliência, uma delas são nesses tipos de relacionamentos familiares. Em algum momento da vida ou na infância ou na fase adulta alguns filhos param e se perguntam por quê? Por que meu pai não me quis? Por que me abandonou? E outros sentimentos que nos fazem questionar como seria a vida com um pai mais presente. Existem perguntas que às vezes é possível saber as respostas, outras não. Não culpe seu pai, não se culpe e procure viver bem.
Procure viver em paz com você e com ele, se existe algum mal-entendido resolva. Não espere as festas de final de ano para estipular novas metas.
Seu pai o ama e talvez também não saiba como expressar isso. Já pensou desse modo? Ele pode falar coisas para lhe ajudar, talvez de uma maneira desajeitada, e esse possa ser o jeito dele se expressar.
Lembre-se: a vida é feita de escolhas e sua felicidade depende delas. Não é por que alguém fez escolhas que afetaram você, que está destinado a sofrer eternamente. Pare de se vitimizar e siga sua vida. Agora, se optar por carregar rancores dentro de você, aí sim terá consequências que perdurarão por toda uma vida, se assim o permitir.

Fonte: Familia

About Cariri como eu vejo

Olá! Eu sou Leo design web.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply