» » » » 1.032 vidas salvas - Ceará fecha segundo ano seguido com redução de mortes violentas




O Estado do Ceará registrou a redução de 15,2% no número de Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs) – homicídios, latrocínios e lesões corporais seguidas de morte –, no ano de 2016 em comparação com o ano anterior. Com isso, foram salvas 612 vidas. Em 2015, o Estado já havia apresentado diminuição de 9,5%, quando aconteceram 420 casos a menos que em 2014. As vidas salvas nos dois últimos anos totalizam 1.032. Os dados foram apresentados, na manhã desta quarta-feira (4), na Capital, pelo governador Camilo Santana e pela vice-governadora Izolda Cela, durante a reunião de monitoramento do Programa “Em Defesa da Vida”, realizado na sede da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS).
A redução é mais que o dobro da meta de 6% estabelecida pelo Estado, no Programa Em Defesa da Vida, além de alcançar o triplo da meta do Programa Nacional de Redução de Homicídios (PNRH) de -5%. Em números absolutos, foram registrados 3.407 casos em 2016, contra 4.019 em 2015, resultando assim nas 612 vidas salvas no ano.
O governador Camilo Santana destacou a constante queda nos índices de mortes violentas, ressaltando o trabalho exercido pela área da Segurança nestes dois anos da atual gestão. Contudo, ele enfatizou a necessidade de manter constantes os esforços para que mais melhorias venham no combate à violência no Estado do Ceará.
"Estamos fechando o ano de 2016 com redução geral de 15,2% comparado a 2015, que já foi de queda. Então são dois anos consecutivos de queda no Ceará. Isso é um fator importante, apesar de que não atingimos duas regiões, a Metropolitana e a Sul. Estas tiveram um leve crescimento, mesmo com a queda no mês de dezembro da região Sul. Isso reforça a tese que eu sempre tenho defendido de que é necessário mais efetivos, mais investimentos, mais estratégia, e é isso que a gente tem procurado fazer ao longo desses dois anos no Estado do Ceará. Não há tempo nem para comemorar e nem para lamentar. Segurança tem que estar 24 horas focado, com muita determinação, para que a gente possa garantir resultados melhores para a população", disse

ASCOM


Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor nos avise através do Whatsapp (88) 8812-5476. Duvidas, criticas ou sugestões também podem ser enviadas em nosso contato Whatsapp. .

About Cariri como eu vejo

Olá! Eu sou Leo design web.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply