Header ads

ads

» » » » Prazer da Palavra: Superando Limites 2/3

"Todo homem é um idiota por pelo menos cinco minutos por dia. A sabedoria consiste em não exceder o limite". (Elbert Hubbard)

Superando limites, 2/3

Quando testamos nossos limites, compreendemos o circuito da vitória.
A vitória fácil é uma falácia que produz tristeza, frustração e derrota. Esta regras serve para o atleta que almeja chegar ao topo, para o pesquisador que visa descobrir a solução de um problema, para o vendedor que quer bater as metas recebidas, para o cirurgião que busca aprimorar suas técnicas para oferecer melhores condições de vida para seus pacientes.
Por isto, por exemplo, os pais não podem tornar fácil a vida dos seus filhos, a menos que queiram que eles aprendam a duras e amargas penas que o fácil não existe. De igual modo, os amigos não devem dar tapinhas de "tudo bem" nas costas de quem não se preparou, não estudou ou não se esforçou para superar seus limites.
É verdade que precisamos superar nossos limites, mas também é verdade que, em algumas situações, precisamos reconhecer que chegamos ao nosso limite. Não devemos ter vergonha de ter parado antes da reta de chegada enquanto nossos companheiros prosseguiram. Alegremo-nos com eles e por eles. Nossa vitória foi ter tentado, foi ter dado o máximo de nosso esforço, foi ter experimentando o nosso máximo de dor. Nosso triunfo foi a sabedoria de parar porque não podíamos mais avançar sem gerar danos para nós ou para os outros.
Se o nosso limite chegou ao ponto final antes da chegada sonhada, fazemos bem se refletimos sobre a nossa trajetória. Nosso alvo foi bem estabelecido? Nós nos preparamos adequadamente? Testamos realmente nosso limite ao máximo?
A melhor vitória é aquela que obtemos sobre nós mesmos.

Israel Belo de Azevedo

About Cariri como eu vejo

Olá! Eu sou Leo design web.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply