Header ads

ads

» » » Tradicional Corrida de Jumentos estimula a preservação do animal e o respeito à espécie




Tem muita gente fascinada por animais, como cavalo, vaca, boi. Mas em algumas regiões, os mais queridos são os jumentos. Na cidade do Crato, região do Cariri, existe até uma corrida para estimular o resgate e o respeito com a espécie.

Chegando a sua 6ª edição, a corrida de jumentos é um evento que já se tornou tradicional no bairro Lameiro, no Crato. Este ano, a competição será realizada no próximo domingo (9), a partir de 8h, nas proximidades do Rotary Club.

O jumento é considerado sagrado para muitos. A sua contribuição na história da humanidade é bem antiga, surgiu ainda na bíblia. Só nas sagradas escrituras a palavra jumento aparece 105 vezes. A sua imagem também é bastante conhecida por conta de um fato histórico, onde o animal foi utilizado por cristo, para entrar em Jerusalém, um evento da vida de Jesus mencionado no evangelho.

O momento também é comemorado pelos católicos no próximo domingo que antecede a Páscoa, conhecido como Domingos de Ramos. No Ceará, o jumento tem um significado muito importante, principalmente para o sertanejo, que mora nas comunidades rurais mais distantes e escondidas. Por conta da seca e como antigamente era difícil o abastecimento de água, ainda não era tão comum o abastecimento das comunidades rurais por carros pipa, e por isso a população usava o animal como objeto de carga, para transportar água ou até mesmo comida.

Segundo um dos organizadores do evento, o senhor Inaldo Amorim, mais conhecido como Inaldo Vaqueiro, a finalidade da corrida é estimular a preservação do animal e o respeito à espécie, que faz parte da história do povo do sertão nordestino.

Fonte: Tribuna do Ceará

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor nos avise através do Whatsapp (88) 8812-5476. Duvidas, criticas ou sugestões também podem ser enviadas em nosso contato Whatsapp. .

About Cariri como eu vejo

Olá! Eu sou Leo design web.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply