» » Polícia Federal vai investigar São João de Juazeiro




A Polícia Federal vai investigar o Juaforró 2017, agora denominado de "São João de Juazeiro". A PF já encaminhou notificações para a prefeitura e para empresa realizadora do evento. A instituição quer investigar indícios de irregularidades e quer saber quais foram os termos que levaram a prefeitura a definir uma empresa especializada em buffet e festa cerimonias a gerir, em menos de 48 horas da desistência da primeira empresa licitada, o São João de Juazeiro. Entre outros assuntos, a PF também quer saber por que será cobrado ingressos para área vip, quando a festa deveria ser popular e gratuita.
Na quarta-feira (21), o prefeito Arnon Bezerra concedeu entrevista coletiva à imprensa, quando na oportunidade anunciou as bandas e a troca do nome da festa de Juaforró para São João de Juazeiro. Também criticou, sem citar nomes, pessoas que passaram a investigar a lisura da licitação, que culminou na desistência da primeira empresa licitada. E como sempre afirmou que a realização da festa seria uma "questão de honra", a festa se inicia hoje, dia 22, no Parque de Eventos.
Por fim, em sua coletiva, Arnon assegurou que todo o processo licitatório havia sido acompanhado por promotores do Ministério Público e agora a PF também quer saber quais foram os promotores de Justiça que participaram do ato.
O blog ouviu o procurador-geral de Juazeiro, Bernado Oliveira. Segundo ele, até as 11 horas desta quinta-feira, dia 22. ele não havia recebido a notificação.

flavio pinto 

About Cariri como eu vejo

Olá! Eu sou Leo design web.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply