Header ads

ads

» » » Último capítulo: novela sobre o fim do TCM pode ser encerrada nesta terça-feira


 Assembleia Legislativa quer encerrar, nesta terça-feira, a novela sobre a extinção do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM). O último capítulo dessa novela será marcado pela votação, em segundo turno, da PEC (Proposta de Emenda Constitucional) que acaba com o TCM. O projeto foi aprovado, em primeiro turno,  no dia 20 de julho, por 32 votos a 8, e, com a segunda votação, a lei será publicada no Diário Oficial do Estado, encerrando, assim,  no âmbito do Legislativo, uma guerra aberta em novembro do ano passado.O presidente do TCM, conselheiro Domingos Filho, perdeu o jogo na briga dentro da Assembleia Legislativa, mas não entregou os pontos: após ser publicada a lei sobre a extinção do TCM, Domingos prepara recursos na área da Justiça para questionar a PEC aprovada pelo Legislativo. Ele conseguiu, com uma ação no Superior Tribunal de Justiça (STJ), suspender os efeitos da PEC aprovada no ano passado que teve o mesmo objetivo.Domingos tenta encontrar falhas no processo legislativo, embora, dessa vez, a Mesa Diretora da Assembleia tenha se cercado de cuidados para evitar questionamentos sobre a PEC aprovada. A Assembleia Legislativa, ao aprovar, em segundo turno, a PEC do fim do TCM, entregará ao governador Camilo Santana (PT) e ao ex-governador Cid Gomes (PDT), o troféu que simboliza a mais dura lição ao ex-aliado Domingos Filho.MediaA Assembleia Legislativa foi o palco para o nascimento e sepultamento do TCM. A longa batalha pela extinção do Tribunal de Contas dos Municípios durou pouco mais de nove meses e nasceu a partir da disputa de poder entre dois antigos aliados – Cid Gomes e Domingos Filho. Domingos brigou com Cid Gomes porque queria eleger o deputado estadual Sérgio Aguiar (PDT) presidente da Assembleia Legislativa, enquanto Cid tinha como candidato o atual presidente José Albuquerque.A queda de braço terminou com a vitória de Cid. O resultado da votação da eleição para presidente da Mesa Diretora do Legislativo Estadual deixou fissuras políticas, mas, para Cid Gomes, a vitória com José Albuquerque não era suficiente para enfraquecer a trajetória política de um aliado que ascendeu a dois importantes cargos da hierarquia política do Estado pelas suas mãos e não honrou o que os seus aliados definem como decência e lealdade. O último sobre a extinção do TCM encerra uma novela no Legislativo, mas que terá debate ainda debate na área jurídica e, especialmente, desdobramentos na política estadual.

via Ceará Agora

About Cariri como eu vejo

Olá! Eu sou Leo design web.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply