segunda-feira, 13 de novembro de 2017

Juazeiro: Vereadores denunciam favorecimento em regularização de terrenos por parte do prefeito



O vereador Capitão Vieira acusou a gestão municipal de dificultar e fazer diferenciação entre pessoas que procuram os serviços de regularização de imóveis.

Vieira disse estar sendo procurado por vários donos de loteamentos que reclamam das dificuldades em conseguir a regularização. “Se não tiver a proteção do secretário, em dois anos ele não consegue e ainda tentam prejudicar. Já os que tem proximidade política conseguem regularizar facilmente. São dois pesos e duas medidas”, afirma o vereador.

As denúncias são graves, pois ele diz que estão trocando por acordos políticos, promessas de votos.

O vereador Tarso Magno confirmou a situação, dizendo que também tem conhecimento de pessoas que se sentem prejudicadas ao procurar regularizar os lotes e encontram muitas dificuldades. Tarso pediu encaminhamentos dos pronunciamentos para o Ministério Público, para que seja apurada a situação.

Darlan Lobo comentou que esteve em reunião com moradores do Loteamento Conviver, onde ouviu uma denúncia grave por parte de um dos presentes que confirmam a situação relatada por Vieira.

Pessoas com poder aquisitivo maior, diz o vereador Damian de Firmino, encontram mais facilidade, tanto para regularizar, quanto para escolher as áreas institucionais.

Demontier Agra, Diogo Machado e David Araújo sugeriram que haja uma união na busca da resolutividade, inclusive criando projetos de Lei que proibissem algumas práticas e formação de Comissão para avaliar os problemas mais a fundo.

O líder do Executivo, vereador Adauto Araújo, pediu ponderação para não se acusar ninguém sem provas.

Vieira confirma que há diferenciação de cobrança dos impostos como ITBI e IPTU, reclamadas pelos construtores, donos de imóveis. Ele afirma que só quer esclarecimentos e não está questionando idoneidade de servidores.

Uma Comissão de vereadores foi formada para investigar as denúncias.

Câmara municipal de Juazeiro

Nenhum comentário:

Postar um comentário