» » » Tiririca também quer título de cidadão cratense

Crato. Após a aprovação do projeto de autoria do vereador Bebeto Anastácio (PODEMOS), que concede título de cidadania ao deputado federal Jair Bolsonaro (PSC), pela Câmara Municipal de Crato, uma série de memes com personalidades caricatas clamando pela mesma honraria começou a ser pulverizada nas redes sociais











Uma delas, a do palhaço e deputado federal Tiririca (PR), viralizou nas últimas horas e tem sido utilizada por internautas contrários à concessão do título como forma de criticar a iniciativa do parlamentar e da Casa Legislativa.

Na imagem, o palhaço aparece em tom de gracejo, apresentando sinais de vitória, pedindo: “Eu também quero receber o título de cidadão cratense”. A autoria do meme é desconhecida. Porém, a brincadeira resultou em comentários sérios por parte de internautas que deflagraram, através de hashitags um movimento com a intenção de que a Câmara Municipal de Crato recue da iniciativa e revogue a concessão do título ao deputado fluminense.

Além dos internautas, representantes de agremiações políticas e entidades de classe também se mostraram contrários à concessão do título de cidadania. Para o presidente do diretório municipal do PCdoB em Crato, Cacá Araújo, a aprovação da matéria estabelece um destrato à honra e a herança da tradição democrática que o município possuí.

“Não concordamos, em hipótese alguma, que uma pessoa que nenhum benefício ou serviço tenha prestado ao município, bem como ao Brasil, receba nossa honraria mais importante. Intolerante, fundamentalista das hostes mais deploráveis dos segmentos religiosos, disseminador do ódio contra os pobres, trabalhadores negros, mulheres, índios, comunidade LGBT; representante do nazifacismo entreguista e subserviente ao domínio dos EUA sobre o patrimônio e a economia nacional. O Crato e seu povo não merecem ser destratados dessa forma”, ressaltou Cacá Araújo.

O presidente da Associação de Defesa, Apoio e Cidadania dos Homossexuais do Crato (Adacho), André Lacerda, utilizou a rede social Facebook para comentar sobre a matéria. Em tom irônico, ele questionou os “serviços prestados” pelo parlamentar ao município, fator que teria sido decisivo para a concessão da honraria.

“Os vereadores entenderam que o Bolsonaro tem grandes serviços prestados ao município do Crato. Que ele é uma pessoa que frequenta a cidade e que merece esse título pelo que ele já fez à cidade”, ironizou André Lacerda.

O presidente da Adacho também nominou os parlamentares que votaram favoravelmente pela aprovação da matéria. “O Bebeto, que é o autor do projeto, além dos vereadores Jales Veloso, professor Gilson, Nando Bezerra, Tico da Serrinha, Lunga e Adil, foram os sete vereadores que concederam o título de cidadania ao Jair Bolsonaro. Contra a matéria votaram os vereadores Amadeu de Freitas e Pedro Alagoano. A vereadora Vicência Leandro se absteve. Nem votou sim, nem não. E o presidente da Casa, o Florisval, não vota. Os   demais vereadores se ausentaram”, explicou.

A matéria, mesmo já tendo sido aprovada, ainda gera polêmica. Sob a hashtag #BolsonaziPersonaNonGrata, um grupo se mobiliza no sentido de que seja realizada uma grande manifestação com a queima simbólica de títulos eleitorais e a revogação popular do título de cidadania “concedido vergonhosamente pela Câmara Municipal de Crato ao maior representante do nazifacismo  em terras brasileiras”, alegam os manifestantes.

O vereador Bebeto Anastácio, autor do projeto que concede titulo de cidadania ao deputado federal Jair Bolsonaro, não foi localizado para comentar as manifestações contrárias à matéria.

Via Roberto Crispim



Fale com o CCEV, envie a sua matéria, mostre o Cariri como você também vê. É só clicar e falar diretamente no whatsapp

http://bit.ly/whatsccev


About Cariri como eu vejo

Olá! Eu sou Leo design web.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply