Header ads

» »Unlabelled » Ministro dos Transportes vem a Juazeiro autorizar obras para o Aeroporto Orlando Bezerra

O ministro dos Transportes, Portos e Aviação Civil, Maurício Quintella, estará em Juazeiro do Norte na próxima segunda-feira, 19, às 17:30h, para a cerimônia de assinatura da ordem de serviço para a reforma de reforço do pátio de aeronaves do Aeroporto Regional Orlando Bezerra de Menezes.
O evento será realizado na Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas – Ciopaer, com presenças confirmadas governador Camilo Santana e do presidente do Senado, o cearense Eunício Oliveira.
A licitação para as obras ocorreria em julho de 2017 e o início das obras foi prometido para outubro, mas todo o processo atrasou.
A obra a ser autorizada utilizará recursos num montante de R$ 2.750.000,00 do governo federal. Esses recursos representam 9% dos 31 milhões anteriormente anunciados para o aeroporto cujo número de passageiros e volume de cargas não param de crescer.
Em 2017, foram 8.710 pousos e decolagens; 542.400 passageiros, recorde para o aeroporto; e um volume em cargas de 1.610.172 quilos, recorde histórico absoluto para o equipamento.
O número passageiros no ano passado coloca o Aeroporto Orlando Bezerra acima de alguns aeroportos de capitais e de cidades do interior com população maior. No entanto, comparando-se à maioria dos aeroportos da Infraero, até mesmo aeroportos com movimento menor, o aeroporto localizado em Juazeiro do Norte tem pista, estação de passageiros e estacionamento menores e em condições bem menos favoráveis.

No ano passado, o governo federal anunciou a concessão à iniciativa privada, de 13 aeroportos administrados pela Infraero, incluindo o Aeroporto Orlando Bezerra, dentro do programa de desestatização que, aliás, já incluiu e já concedeu o Aeroporto Pinto Martins, em Fortaleza, à empresa alemã Fraport. O assunto, no entanto, amornou nos últimos meses.                  (Badalo.com.br)

About Cariri como eu vejo

Olá! Eu sou Leo design web.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply