Header ads

ads

» »Unlabelled » 'Crato em Movimento' ganha reforço da Urca

Começou como um projeto voluntário e, hoje, o Programa Crato em Movimento, realizado pela Secretaria Municipal de Esporte e Juventude (Seju), há quase sete meses leva aulas de dança, ginástica e treino funcional gratuitas para espaços públicos deste Município no Cariri cearense.
São quatro polos, nos bairros Alto da Penha, Mirandão, Encosta do Seminário e Vila Lobo, que agora contarão com importante reforço: a parceria com a Universidade Regional do Cariri (Urca). O acordo, firmado no começo do mês, trará para as atividades profissionais de Educação Física, Biologia, Fisioterapia, Nutrição e Farmácia.
Eles integram o Programa de Residência Multiprofissional em Saúde Coletiva, e serão distribuídos nos quatro polos do Crato em Movimento, auxiliando e acompanhando antes, durante e depois das atividades físicas.
Segundo o titular da Seju, Lamar Lima, o Programa vai dar um salto de qualidade. "Agora poderemos juntar forças, trabalhar na prevenção de doenças, detectar patologias, encaminhar para postos de saúde, cuidar da alimentação e corrigir a postura das atividades", descreve o secretário.
EvoluçãoO Crato em Movimento surgiu na Encosta do Seminário, há mais de um ano, levando aulas gratuitas de ginástica e dança para a comunidade. Hoje, mais de 1.600 pessoas são atendidas nos quatro locais. O Programa conta com educadores físicos acompanhando e incentivando os grupos que, em sua maioria, de mulheres adultas. Aberto ao público, crianças e idosos também participam. "Ele veio fazer a diferença pelo público, pessoal da melhor idade, que vivia na ociosidade, tomando remédios para depressão, nas filas dos postos de saúde", conta Lamar.
ParceriaA Prefeitura fez parceria com os moradores, que oferecem o som e, em contrapartida, têm o acompanhamento profissional. Todos os locais das atividades são ao ar livre o que, para Lamar, é uma forma de "aproximar a população da sua praça, para que cuide de seu lugar de lazer". O secretário acrescenta que o projeto atende as periferias, pois, lá a população tem mais dificuldade de acesso às academias.
A dona de casa Maria do Socorro Leite, moradora do bairro Mirandão, conta que as aulas a tiraram do sedentarismo e trouxeram mais benefícios para sua saúde. Ela já perdeu dois quilos em seis meses. "Eu estava deprimida. Depois que vim para cá, até nisso melhorei. Ainda trago minha filha e a família dá a maior força", exalta. Por outro lado, ela vê o programa como um estímulo para realizar mais atividades na praça local. "Aqui, antes, não tinha movimento. Eu não gostava nem de vir pra cá. O movimento aumentou, ficou com mais segurança, mais pessoas", completa.
Já a educadora física Ana Ferreira Macedo, que iniciou o projeto voluntariamente na Encosta do Seminário, hoje vê um aumento na autoestima das pessoas. "Os benefícios são muitos. Mas tem gente que diz que tinha dores nos ossos e nas pernas e hoje não sentem mais. Dá uma força física que ajuda até nas atividades de casa", acredita.
O interessando em participar deve conversar com o coordenador de cada polo, durante as atividades, preencher a ficha de inscrição, responder o questionário físico e participar da anamnese.       (Diário do Nordeste)


About Cariri como eu vejo

Olá! Eu sou Leo design web.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply