Header ads

» » » » Lobos-marinhos são registrados em relação sexual com pinguins.



Ninguém imaginaria que as coisas poderiam ficar tão quentes na Antártida, mas cientistas flagraram um lobo-marinho tentando fazer sexo com um pinguim-rei. E, pelo jeito, o ar de lá incentiva esse tipo de atitude, pois, há 100 anos, o pesquisador britânico George Murray registrou alguns pinguins-de-adélia totalmente descontrolados. Conta-se que os animais pareciam enlouquecidos, mas somente entre si, chegando ao ponto de praticar necrofilia, coerção sexual e abuso de filhotes.
O primeiro relato de uma relação entre as duas espécies aconteceu em 2006, na ilha Marion, que está localizada entre a África do Sul e o continente gelado. Na ocasião, os pesquisadores especularam que o comportamento podia ser explicado por uma possível frustração ou falta de experiência do lobo-marinho. Também se cogitou que a cópula era um ato agressivo, motivado por defesa de território, ou que, simplesmente, tudo começou como uma brincadeira que acabou indo longe demais.

O problema foi que, ao retornarem à ilha, eles observaram o mesmo comportamento em outras três ocasiões. O acontecimento foi descrito, no periódico Polar Biology, como coerção sexual, através do uso de força, dos pinguins pelos mamíferos. O gênero das aves não foi identificado, mas todas pareciam estar saudáveis, o que afasta a hipótese de que foram submetidas por estarem fracas demais.

Como aconteceu

Em todos os casos, a sequência dos fatos foi a mesma. O lobo-marinho perseguiu e capturou o pinguim, montando nele logo em seguida e mantendo as tentativas de cópula por 5 minutos. Como eles não foram feitos um para o outro, embora a paixão pareça grande, foi registrada a presença de sangue no local. Isso indicou aos pesquisadores que houve algum tipo de penetração, mas, como os pinguins-rei não acasalam dessa forma, a atitude acabou ferindo-os.
Os mamíferos são predadores naturais dessas aves, mas, mesmo assim, somente em um dos casos o pobre bicho foi devorado após o ato. Os motivos desse comportamento permanecem um mistério para os cientistas. A explicação mais plausível é que os encontros acontecem pelo aumento dos hormônios na época de acasalamento — ou, talvez, somente o primeiro.
Pinguim-rei filhote

Isso porque os lobos-marinhos são conhecidos pela capacidade de aprender por observação; então uma das suspeitas é de que outros animais viram o primeiro caso e agora o estão reproduzindo. As observações continuam para tentar, ao menos, explicar os motivos desse caso de amor fora dos padrões.

Fonte : www.topbuzz.com/@lzbrnews/



>>Primeira parte da Noticia<<

>>imagem<<




>>Restante da noticia<<

Fale com o CCEV, envie a sua matéria, mostre o Cariri como você também vê. É só clicar e falar diretamente no whatsapp

http://bit.ly/whatsccev

About luiz Nascimento

Olá! Eu sou Leo design web.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply