Bolsonaro decide que militares vão entrar na reforma da Previdência


O presidente Jair Bolsonaro (PSL) decidiu que todos os segmentos da sociedade serão incluídos na reforma previdenciária, incluindo militares. A informação foi dada na noite desta quarta-feira (30) pelo secretário da Previdência, Rogério Marinho.

 De acordo com o jornal ‘O Globo’, ao menos oito governadores já se dirigiram para Brasília com o objetivo de expor a situação fiscal dos seus estados e oferecer apoio à reforma.“As finanças públicas se deterioraram e também teve uma deterioração gradativa dos serviços públicos. Governadores passaram a ser gestores de folha de pagamento.

O presidente Bolsonaro quer uma reforma com justiça social. É importante que essa rede de proteção social seja preservada. Quem tem menos, contribui menos e quem tem mais, contribui proporcionalmente mais. Nosso sistema é injusto e insustentável”, afirmou Marinho. 
 Fonte: notícias ao minuto

Comentários