Cearense sobrevivente do incêndio no Ninho do Urubu tem alta do CTI


Cauan Gomes é atacante e, no Estado, jogou nos times Fortaleza,Estação e Santa Cruz, todos da Capital cearenseO atleta cearense Cauan Emanuel, de 14 anos, teve alta do Centro de Tratamento e Terapia Intensiva (CTI) e seguirá para o quarto no início da tarde deste domingo (10), segundo informações do Flamengo, clube do qual faz parte. Um comunicado publicado na página do time informa que “o menino está bem clinicamente e respira sem ajuda de oxigênio”.

 Já Dyogo Alves, também cearense, se recupera “mais lentamente” e voltou a respirar com ajuda de aparelhos nesta madrugada. 
Na sexta-feira (8), dez atletas das categorias de base do Flamengo morreram em um incêndio no alojamento em que dormiam no Centro de Treinamento do clube, o Ninho do Urubu. Três sobreviveram e estão internados, entre eles, os dois cearenses. 

O estado de saúde de Dyogo é considerado “em curva de melhora”, segundo o comunicado.  “Se recupera um pouco mais lentamente e segue com tratamento de fisioterapia respiratória no CTI”, diz a nota. Mais cedo, a família do jovem pediu orações pelo garoto em uma publicação no Instagram. 

O terceiro atleta internado é Jhonata Ventura, de Santa Catarina. Ele está internado em estado grave. Conforme a nota, o garoto “permanece hemodinamicamente estável, internado no centro de tratamento de queimados do Hospital Pedro II em estado grave, sedado em ventilação mecânica. Jhonata apresentou febre nas últimas 24h. O atleta realizou novo banho com curativos nas queimaduras mais profundas”. 

De acordo com informações do Flamengo, os garotos são acompanhados pelo chefe do Departamento Médico do Flamengo, Dr. Márcio Tannure, e o médico das categorias de base do clube, Dr. Mauro Fonseca, além do clínico cardiologista do Hospital Vitória, responsável pela internação dos meninos, Dr. Fernando Bassan.       

  (Diário do Nordeste)

Comentários