SMDARH reúne instituições contempladas pelo Programa de Aquisição de Alimentos (PAA)


A Secretaria de Desenvolvimento Agrário e Recursos Hídricos do Crato realizou na manhã desta quarta-feira, 13, reunião com representantes de entidades atendidas pelo Programa de Aquisição de Alimentos (PAA).

Ao todo, 15 instituições sócio assistenciais, incluindo equipamentos da Assistência Social, como os Centros de Referência de Assistência Social (CRAS), e da educação, Escolas e Centros de Educação Infantil, e instituições do Terceiro Setor são atendidas pelo programa.

Também conhecido como Compra Direta, o Programa do Governo Federal prevê a compra de alimentos da agricultura familiar e a sua doação às entidades sócio assistenciais que atendam pessoas em situação de insegurança alimentar e nutricional.

Segundo o Secretário de Desenvolvimento Agrário e Recursos Hídricos, Zilcélio Alves, nos próximos meses, o projeto será iniciado no município e a secretaria está organizando toda a logística para receber e distribuir os alimentos às instituições cadastradas. Além disso, produtores e entidades passarão por capacitações visando otimizar a execução do programa.

Zilcélio revela que a gestão municipal tem dado toda atenção ao programa e isso tem dado bons frutos. “Foi uma das coisas que nós fizemos foi dar total apoio a coordenação do projeto no município para que pudesse organizar o programa. É por isso que o Crato aparece na estatística como um município muito organizado nesse programa”, desponta o secretário.

PAA LEITE

Uma novidade para esse ano será a implantação da modalidade PAA Leite, no mesmo formato do PAA contemplando as instituições já cadastradas. De acordo com a pasta do Desenvolvimento Agrário, a secretaria aguarda os ajustes finais para o início dos trabalhos.

Os alimentos auxiliam no complemento das refeições oferecidas pelos equipamentos, como por exemplo, o CRAS do Bairro Seminário, que atende crianças, jovens e idosos. De acordo com a coordenadora Verônica Tavares, os alimentos, frutas e legumes enriquecem a alimentação dos públicos atendidos pelo equipamento, o que promove qualidade de vida.

Já a coordenadora do CRAS Ponta da Serra, Antônia Fernandes, disse que o equipamento foi incluído no programa e vai receber os alimentos. Ela disse que a expectativa é grande e afirma que as crianças, jovens e idosos atendidos através do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) vão ter um ganho na alimentação oferecida pelo CRAS.

Informações da assessoria de comunicação

Comentários