segunda-feira, 15 de abril de 2019

Idosa e filho são vítimas de latrocínio pelo próprio sobrinho


Dois homens foram presos em flagrante por latrocínio no município de Cruz, litoral do Estado, na madrugada deste domingo, 14, suspeitos de matarem Expedito José de Freitas, de 54 anos, e Francisca Maria de Farias, de 87 anos. Um dos suspeitos é primo e sobrinho das vítimas. Segundo a polícia, ele planejou o crime ao saber que a idosa guardava R$ 2 mil em casa.

Ainda de acordo com a polícia, Valdionor Silveira Muniz, de 42 anos, parente de Expedito e Francisca, juntamente com o outro preso, identificado como Francisco Fernando do Nascimento, de 36 anos, começaram a destelhar a residência das vítimas por volta de uma hora da madrugada para furtar o dinheiro.

Expedito acordou com o barulho e foi verificar o que acontecia. Foi quando a dupla o golpeou com pauladas e facadas. Em seguida, Francisca viu o filho no chão, reconheceu o sobrinho, e foi asfixiada até a morte por ele. Após os assassinatos, Valdionor ainda enganou o comparsa e levou toda a quantia sozinho.

As prisões aconteceram horas depois do crime. Foram apreendidos os R$ 2 mil roubados da casa, um facão e um pedaço de madeira. A dupla foi levada para a Delegacia de Cruz e irá responder pelo crime de latrocínio.

Fonte: Diário do Nordeste

Foto: Ricardo Mota.

Nenhum comentário:

Postar um comentário