Ceará tem média de 4 denúncias de agressão a idosos por dia


A violência contra a pessoa idosa no Brasil ainda é uma realidade a ser combatida. Nesse contexto, o Ceará desponta como o estado nordestino com o maior número de denúncias registradas no Disque 100 nos seis primeiros meses de 2018. Ao todo, foram 725 ocorrências demandadas, uma média de quatro ocorrências por dia.O estado ficou à frente da Bahia, com 691 casos no mesmo período, segunda maior demanda da região.

Quem menos registrou ocorrências no Nordeste, por sua vez, foi Alagoas, com 136 casos. Foi também no Ceará onde houve o maior número de denúncias na região durante todo o ano de 2017, com 1.765 ocorrências registradas pelo Disque 100.As 725 denúncias registradas até junho de 2018 resultaram, conforme dados coletados no canal de denúncias, em 3.065 casos de violência contra a pessoa idosa. A negligência lidera os registros no Ceará, com 1.538 casos, o equivalente a 50% das práticas.

Em seguida aparecem violência psicológica (800), abuso financeiro (446) e a violência física (281).Em um caso que chocou a cidade de Juazeiro do Norte, um homem foi preso por agredir a mãe, de 89 anos, que se recusava a dar dinheiro a ele. Ela foi atendida em um hospital com ferimentos nos braços e na cabeça.Os números representam um cenário ainda mais triste: a violência que acontece dentro da própria família, do próprio lar.

via Ceará Agora

Comentários