Juazeiro do Norte realiza ação para retomada de posse do prédio da antiga estação de trem


A Secretaria de Cultura (SECULT) de Juazeiro do Norte realizou na manhã deste domingo, 5, uma ação integrada com a Secretaria de Segurança Pública e Cidadania, com os agentes da Guarda Civil Metropolitana, de retomada da posse do prédio da antiga Estação Ferroviária de Juazeiro, localizado na Praça da RFFSA.
O prédio esteve abandonado por vários anos e se tornou alvo de ocupação irregular.

No entanto, a pasta buscou reaver a posse do prédio histórico. O processo se deu por meios legais, inclusive com o acompanhamento da Procuradoria Geral do Município, que recomendou o envio prévio de ofícios para que o Município solicitasse a desocupação irregular do imóvel. A ação deste domingo foi realizada por uma equipe da Secretaria de Cultura de Juazeiro do Norte, acompanhada de integrantes da GM.

Agora, os próximos passos a serem dados pela Secretaria envolve o início da reforma e recuperação física da antiga estação de trem. O projeto já está pronto e a reforma será iniciada o mais breve possível.
Um novo espaço culturalO prédio possui três salões que serão totalmente restaurados. Um deles abrigará uma exposição permanente sobre a história da estação de trem de Juazeiro do Norte, que foi inaugurada pelo Padre Cícero Romão Batista.

No segundo salão, haverá outra exposição permanente que contará a história da linha férrea no Ceará e como sua chegada proporcionou uma alavancada no desenvolvimento do Estado. Já o terceiro salão receberá exposições temporárias que poderão ser propostas por artistas juazeirenses ou de outros lugares.
De acordo com o Secretário de Cultura de Juazeiro do Norte, Renato Fernandes, a antiga estação será um espaço de convivência que comportará uma nova ambientação, onde serão realizadas oficinas e ensaios, além da instalação de cafés.

Uma parceria vem sendo tratada pela gestão municipal, o Metrofor e a antiga Rffsa que contempla a doação de vagões desativados para o Município, que serão restaurados para essa finalidade.
Ele ressalta ainda que o local receberá também o segundo ponto de memória do Município, contribuindo, assim, para a preservação da história de Juazeiro do Norte.

via Gazeta Cariri

Comentários