Obras do teleférico de Barbalha ainda não tem previsão de conclusão


O Teleférico do Caldas, instalado em Barbalha, está com estrutura ainda não finalizada e sem previsão de conclusão até o momento. O equipamento está em obras desde 2016 e deveria ser entregue até então para maio de 2018, o que não ocorreu.

Em última visita do governador Camilo Santana (PT), este informou que ainda está com um sério entrave com questões ambientais da obra, mas que deve prosseguir para sua conclusão possivelmente até o fim deste ano.Segundo Camilo, o governo do Estado tem enfrentado os cravos batidos na burocracia das instituições que cuidam e defendem o meio ambiente, o que então impedem o prosseguimento das obras.

Algumas de suas estruturas, como os cabos, postes e andaime de acesso ao mirante estão com 80% da estrutura concluída.Aos pés da Chapada do Araripe, o equipamento irá servir turistas e moradores da região, com acesso rápido as localidades do distrito do Caldas e ao mirante do cruzeiro. O local de partida será onde hoje existe a estrutura reformada do antigo Hotel do Caldas, construído do zero e mantendo seus traços originais.

Segundo engenheiros da obra, o teleférico terá capacidade para transportar 660 pessoas por hora, além de oferecer borboletário, bicicletário, observatório, passarelas no nível das árvores e uma praça localizada no alto do mirante, oferecendo visão panorâmica da Chapada e do vale caririense. Conforme divulgado pelo governo no início da obra, há investido um total R$ 2,4 milhões, dos R$ 14 milhões orçados para o projeto.

Comentários