Crato pede paralisação da Série B e denuncia irregularidade do Pacajus


O Crato Esporte Clube entrou junto ao Tribunal de Justiça Desportiva do Futebol Cearense com um pedido de anulação da partida contra o Caucaia. O presidente do clube, Ivan Barros, reclama de um gol anulado e de alguns lances, considerados confusos, marcados pelo árbitro do jogo. No pedido, o Crato solicita a paralisação da Série B Cearense até o julgamento do caso. A competição tem decisão marcada para esta quinta-feira(20) entre Caucaia x Pacajus, no estádio Presidente Vargas, às 15:30h. O jogo está confirmado pela Federação Cearense de Futebol.

Em contato com o Badalo, o que chamou atenção foi a denúncia feita pelo presidente cratense quanto a uma possível irregularidade que houve durante a competição. Ivan Barros afirma que o Pacajus utilizou um jogador de forma irregular em duas partidas da Série B. Porém, o Azulão da Princesa ainda não acionou o TJDF sobre esse caso, pois ainda tem tempo hábil para isso. Ivan Barros afirma ter provas suficientes para mostrar as irregularidades do Pacajus. Pelo que parece, mesmo que a decisão da Segundona Cearense ocorra nesta quinta, a competição deve ter continuidade no tapetão.

Por: Toni Sousa

Fonte Badalo

Comentários