Dupla assalta e atira dentro de ônibus da Guanabara que vinha de Fortaleza para Juazeiro do Norte


Passageiros do coletivo foram assaltados em Icó.

FOTO: Gustavo Veras

Uma ação ousada ocorreu na madrugada desta segunda-feira, 24, por volta das 4:30 horas, na cidade de Icó, na região Centro-Sul do Ceará, na Avenida do Cruzeiro, no bairro DNER, próximo a um posto de combustíveis.

O ônibus da empresa Guanabara, placas PNN 4327, licença de Fortaleza, que vinha da capital cearense com destino à cidade de Juazeiro do Norte, com 34 passageiros, reduziu a velocidade ao passar por uma lombada, quando foi abordado por dois homens armados, que estavam às margens da via, em uma moto.

O motorista foi obrigado a parar o veículo depois de um disparo de arma de fogo na porta. Houve momento de pânico entre os passageiros. Os ladrões atiraram e roubaram pertences dos passageiros e dinheiro.

A dupla fugiu em seguida em uma motocicleta.
No interior do ônibus, um dos criminosos disse que seria um latrocínio (roubo seguido de morte) aumentando ainda mais o pânico entre os passageiros.
A polícia militar foi acionada e esteve no local. Policiais iniciaram diligência e acabaram travando tiroteio com os assaltantes em fuga, na BR 116, na região do conjunto Sol Nascente.

Em meio ao confronto, os criminosos caíram da moto Honda Titan HWJ 2349, inscrição de Orós, deixando para trás a motocicleta, além de uma sacola com 11 celulares dos passageiros, dinheiro e outros pertences.

Sandálias e bonés dos criminosos foram apreendidos pelos militares, bem como dois revólveres calibre 38, com seis munições intactas e quatro deflagradas.
Toda apreensão foi apresentada ao delegado plantonista, Henrique Gurgel, para procedimento.

O motorista e os passageiros foram ouvidos pelo delegado Gurgel.
Os celulares já foram restituídos aos proprietários. A polícia já teria identificado um dos assaltantes e segue em diligências visando a captura dos delinquentes.
A motocicleta usada no assalto será periciada. O inquérito policial será instaurado pelo delegado regional, George Alexandre Irineu Segundo.

Os cabos Maurício, S Lima e o soldado G Oliveira do POG, e os soldados Moura, Almeida e Jadson, da Força Tática, iniciaram as diligências.
Com informações e colaboração de Richard Lopes e Gustavo Veras  (Blog Diário Centro-Sul)

via Gazeta Cariri

Comentários