Irmão desmente Bolsonaro: “Meu pai nunca deixou filho trabalhar!”


Uma entrevista dada em 2015 por Renato Bolsonaro, irmão do presidente Jair Bolsonaro, ressurgiu na internet desde que o presidente declarou que trabalhou “pesado” desde os “9, 10 anos”, e que não via problema no trabalho infantil.

A entrevista, recuperada por internautas, foi feita com a família do então deputado federal, em março de 2015, na qual um dos irmãos de Bolsonaro nega que qualquer um deles tenha trabalhado quando criança.
A reportagem, da revista Crescer, ouviu a mãe de Bolsonaro, Olinda Bolsonaro, e um dos irmãos, Renato Bolsonaro, que, em determinado momento fala da relação dele e dos irmãos com o pai. “Meu pai tinha o estilão dele, boêmio. Mas nunca deixou um filho trabalhar, porque achava que o filho tinha que estudar”, disse. O relato de Renato contradiz o de Bolsonaro na última quinta-feira (4/7).

Em mais uma de suas transmissões ao vivo pelo Facebook, o presidente sugeriu que era a favor do trabalho infantil. “Trabalho dignifica o homem, a mulher, não interessa a idade”, disse.  Logo em seguida, porém, ressaltou que não pretende propor a flexibilização da lei que trata do trabalho infantil, pois sabe que, se fizesse isso, “seria massacrado”. “Fique tranquilo que não vou apresentar nenhum projeto aqui para descriminalizar o trabalho infantil, pois eu seria massacrado.

Mas quero dizer que eu, meu irmão mais velho, uma irmã minha também, pouco mais nova, com essa idade, 8, 9, 10, 12 anos, trabalhava na fazenda. Trabalho duro”, declarou.   

      (UOL)

Comentários