Mais Nutrição: doações ultrapassam 50 toneladas e entidades recebem nova leva de alimentos


As trinta entidades que já estão sendo beneficiadas pelo Programa Mais Nutrição receberam nesta quarta-feira (14) uma nova produção da iniciativa, o mix de legumes que possibilita a produção de sopas. Desde o início do programa, em junho, cerca de 50 toneladas de frutas, verduras e legumes foram doados, beneficiando 4.323 crianças e adolescentes.

Os alimentos foram distribuídos na Central de Abastecimento do Ceasa (Ceará-CE), em Maracanaú, e o momento com a participação da primeira-dama do Ceará, Onélia Santana, os secretários Francisco De Assis (SDA) e Socorro França (SPS) e o presidente da central, Max Quintino.

A primeira-dama Onélia destaca o impacto do programa na vida dos cearenses. “É preciso compreender que há pessoas em situação de fome e, por isso, se faz necessário adotar ações para erradicar essa problemática. Tanto que, na contramão da desnutrição, o Ceará toma medidas para esse enfrentamento diante da grave situação de milhares de famílias que não têm acesso à alimentação saudável”, disse.

De acordo com Josenir Félix, da Associação Beneficente Nova Jerusalém, de Fortaleza, o Mais Nutrição veio para somar com o trabalho realizado pela instituição. “Nosso projeto vive de doações e esses alimentos auxiliam, e muito, no desenvolvimento de nossas crianças. O social vai para além do benefício, por isso acreditamos no objetivo que essa iniciativa apresenta, que é de combater a fome. A gratidão será eterna pelo empenho do Estado em beneficiar àqueles que estão na ponta, que somos nós do terceiro setor”, enfatiza.

O preparo do mix de legumes é feito a partir da doação dos produtos “in natura” pelos permissionários – parte dessa doação também vai “in natura”, semanalmente, para as entidades cadastradas. A meta inicial é atender 16.068 crianças e adolescentes de 91 entidades cearenses.

(Governo do Ceará)

Comentários