Carlinhos Maia se defende após polêmica sobre suicídio: “Não incitei”


Carlinhos Maia se viu obrigado a se defender após a polêmica sobre suicídio, nesta segunda-feira, 2. A confusão teve origem em um vídeo publicado na função stories do Instagram do digital influencer, na noite de domingo, 1º, quando ele disse que vê adolescentes, de 16 anos, dizendo que querem se matar e os chamou de imbecil

Segundo Carlinhos, o vídeo (de domingo) foi editado por um “grupo” de seguidores que querem provocar polêmica e que, em nenhum momento, estava incitando ninguém a nada.

“Fui dormir completamente despido de qualquer culpa. Vou postar o vídeo completo, porque passaram só um pedacinho. Em momento nenhum eu estava incitando nada. O assunto não era depressão, era gente que quer desistir na primeira pancada e cobiça o que é do outro. Eu estava falando de um todo, de quando as pessoas mal começam a vida e levam um tombo. Não quem tem distúrbios psicológicos”, disse Carlinhos.

O humorista falou que recebe vídeos de varias pessoas dizendo que se curaram da depressão com a ajuda de seus vídeos.

“Graças a Deus que eu tenho pessoas que salvaram essa reflexão e me mandar na íntegra para mostrar que em momento algum eu falei sobre depressão, que não incitei ninguém a nada. Eu sou uma das pessoas que mais recebe vídeo falando que se curou da depressão [por minha causa]. Eu incomodo, fazer o que?”, explicou.

“Assistam sem pular absolutamente nada, para os que estão assistindo a só um pedacinho e já estão julgando, causando, querendo o mal para uma pessoa que não faz mal a ninguém. Vão espalhando por aí e lancem a verdade para todas as pessoas ruins que estão deturpando as coisas”, disse, antes de republicar os Stories antigos. Para ver a íntegra, clique aqui.

Entenda o caso

No vídeo que causou polêmica, Carlinhos reclamava sobre pessoas que contestavam a fé dele em Deus e defendeu que “cada um tem o que merece”. “Se você não está recebendo aquilo que acha que merece, é porque não está merecendo. Para de querer o que é do outro. Vai olhar para sua vida, vai correr atrás, vai suar. Não desista”.

“Vocês merecem levar uma ‘sacolejada’ e entender que sua vida só vai para frente quando você for para frente, quando você for uma pessoa melhor, quando você não desistir. Porque vai ser difícil. Quem disse que era fácil? Você nem começou a vida ainda.

“Eu vejo meninos aqui com 16 anos me mandando, ‘eu quero me matar’. Vai, imbecil. Vai se matar porque você nem começou a vida ainda. Vai perguntar a uma mulher de 75 anos que até hoje trabalha e que até hoje sustenta os netos, que até hoje varre o chão, que está catando latinha na rua para sustentar os bisnetos. Vá perguntar se ela se matou aos 16 anos. Não sei seus motivos, mas sei os dela, que com certeza não são menores que os seus. Bota Deus na frente e vai”.

Catraca livre

Comentários