CRM do Crato promove debate interativo na temática do Setembro Amarelo


O Centro de Referência da Mulher (CRM) do município do Crato realizou na tarde de ontem, quarta-feira, 4, no Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) Alto da Penha, uma ação do Setembro Amarelo, intitulada “Violência de gênero e suicídio: Por que falar é preciso?”.

Na ocasião, foi trabalhada a temática do suicídio e a violência de gênero em uma conversa dinâmica e de linguagem clara para o grupo de idosas do equipamento.

De acordo com a Coordenadora do CRM, Audilene Fernandes, o suicídio afeta diretamente a mulher vítima de violência doméstica. “Existe uma espécie de adoecimento social em que a mulher está inserida, ela cuida de tudo e atura de todos e esquece do cuidado dela mesma, se fragilizando a cada dia ao ponto de atentar contra a própria vida. Diante disso, instigamos as pessoas perguntando Porque falar é preciso? Para a partir daí criarmos um debate para conscientizar sobre a importância do escutar e de promover ações que possam valorizar a vida em todos os aspectos”, destacou.

O grupo de idosas participou de forma efetiva, onde puderam demonstrar entendimento e satisfação.

Assessoria de imprensa

Comentários