Justiça notifica prefeitura do Crato sobre Encosta do Seminário


O prefeito do Crato, José Aílton Brasil, foi notificado pelo juiz da 1º Vara Cível da comarca local para se pronunciar sobre o andamento da obra e recuperação da Encosta do Seminário. A notificação ocorreu na sexta-feira, 30, pelo juiz José Batista de Andrade, que solicita explicações sobre a retomada da obra danificada com as chuvas de abril, em até 72 horas.

A notificação atende a uma ação civil pública de iniciativa popular ingressada em conjunto pelo Sr. Erasmo Morais e o advogado Erlanio Rodrigues. Erasmo disse que há uma preocupação muito grande sobre os riscos que a encosta leva às pessoas. Ele destaca que desde o mês de abril, e até esse momento não há uma posição sobre quem deve recuperar o equipamento.

A obra foi realizada em parceria entre Governo do Estado e município. Tanto o prefeito cratense, Zé Aílton, como o governador do estado, Camilo Santana, já se pronunciaram afirmando que aguardam questões burocráticas para saber de quem é a responsabilidade. Com menos de cinco anos, a expectativa é que a própria empresa que executou a obra se responsabilize sobre a recuperação.

O procurador adjunto do Crato, Renan Lobo, disse que o município recebeu a notificação com tranquilidade e que a citação é para que o juiz tenha capacidade de se embasar e tomar a decisão sobre a responsabilidade do município sobre a Encosta do Seminário.

Ele revelou ainda que a gestão municipal já está em contato com o governo do estado e nos próximos dias deve haver novidades sobre a recuperação da encosta.

(Fonte: Site Badalo)

Comentários