Aniversariante e convidada são presos em festa de suspeitos de integrarem facção que comanda ataques no Ceará


Em Fortaleza, ônibus foi queimado em local próximo à
oficina que realizava manutenção de peças. FOTO: Rafaela Duarte
O anfitrião de um aniversário e uma convidada foram presos em flagrante durante uma festa no Bairro Presidente Vargas, em Fortaleza, suspeitos de integrarem a facção criminosa responsável pelos recentes ataques no Ceará. A prisão ocorreu no sábado (28) e foi divulgada na noite desta segunda-feira (30).

De acordo com a SSPDS, a dupla identificada como Eliandro Souza de Oliveira, 19, conhecido como “Zoi”, e Alexia Deyner Feitosa, 18, a “Irmã Problemática”, foi capturada em um sítio após investigações da polícia apontarem que integrantes da organização criminosa responsável pelos incêndios registrados nos últimos dias no estado participariam da festa.

Desde o dia 20 de setembro, o Ceará registrou 109 ataques criminosos em 28 cidades, principalmente com fogo em veículos e prédios públicos. Desde sexta-feira (27), após uma operação policial com 44 suspeitos presos e a transferência de presos que ordenam a onda de violência, o número de crimes diminuiu.

Conforme a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), a prisão do casal aconteceu no último sábado (28), em uma ação conjunta da Coordenadoria de Operações e Recursos Especiais (Core) da Polícia Civil, com o apoio de policiais militares Comando de Polícia de Choque (CPChoque).

Eliandro não possui antecedentes criminais, já Alexia possui antecedentes por tráfico de drogas, roubo e porte ilegal de arma de fogo. Além do casal, outras pessoas que estavam no local foram encaminhadas a uma delegacia da Polícia Civil, onde prestaram esclarecimentos e foram liberadas.

A Secretaria da Segurança Pública totaliza o número 147 pessoas capturadas por suspeita de envolvimento nas ações, sendo 114 adultos e 33 adolescentes.
Entre terça e quinta-feira, quando os ataques eram mais frequentes, a frota de ônibus de Fortaleza foi reduzida e circulou com policiais no interior dos veículos. O itinerário foi alterado para evitar circular em bairros onde os crimes são mais frequentes.                      (G1 CE)

Comentários