Ceará chega ao 18° mês de queda nos crimes violentos em todas as regiões


A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) apresentou, nesta quinta-feira (10), as estatísticas referentes ao 18° mês seguido de queda nos índices de Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI) no Ceará. Em Fortaleza, a redução já chega ao seu 19° mês consecutivo. No acumulado dos nove meses de 2019, o Estado registrou uma retração de 52,3% se comparado ao balanço do mesmo período do ano passado. No total, são 1.830 mortes a menos. As informações serão repassadas durante coletiva de imprensa ocorrida na sede da pasta, em Fortaleza, com a presença do secretário da SSPDS, André Costa; e os gestores das vinculadas – Polícias Civil e Militar, Corpo de Bombeiros, Perícia Forense e Superintendência de Pesquisa e Estratégia de Segurança Pública.

Os CVLIs englobam os casos que se enquadram como homicídio doloso/feminicídio, lesão corporal seguida de morte e latrocínio. Em 2019, de janeiro a setembro, a maior queda foi registrada em Fortaleza, com menos 57,2%, indo de 1.157 para 495. Em seguida, vem o Interior Norte, indo de 699 para 324, com 53,6% de redução. A Região Metropolitana registrou diminuição de 48,7%, caindo de 1.004 para 515. Já o Interior Sul foi de 641 CVLIs pra 337, com 47,4% de queda.

Em sua fala, o secretário da SSPDS destacou como as estratégias e medidas adotadas pela Segurança Pública cearense têm impactado na melhoria dos índices. “Insistiremos nessas políticas adotadas e aprimoradas ao longo dos meses. Pela Polícia Militar, continuaremos com a presença dentro das comunidades, que até então registravam os maiores índices de violência, e que hoje chegam a zerar o número de crimes. Pela Polícia Civil, reforçar cada vez mais os trabalhos de investigação. Conseguimos tirar presos de delegacias, e agora estamos retirando veículos para que o policial possa se dedicar, cada vez mais, ao trabalho de investigação. E estamos conseguindo isso, por exemplo, com o aumento da resolutividade dos CVLIs”, disse.

O gestor revelou ainda que apresentará, em breve, a utilização de mais uma tecnologia que fortalecerá o trabalho realizado pelos agentes de segurança nas ruas. “Continuaremos investindo na área tecnológica, disponibilizando, cada vez mais, informações de qualidade para o policial que está na ponta. Vamos mostrar hoje, em reunião, a nova versão do nosso aplicativo PCA (Portal do Comando Avançado), que já vinha identificando pessoas por meio de um aplicativo e um leitor biométrico conectado a um smartphone. É importante destacar que ninguém possui esse equipamento a nível de América Latina ou Europa, pelo que temos conhecimento. Agora, lançaremos, ainda neste mês, o reconhecimento facial com a câmera de um celular. Utilizaremos toda a base de RGs do Estado, de 2007 para cá, com fotos de melhor qualidade. Esse recurso já foi usado por algumas equipes, que obtiveram grande sucesso”, pontuou.

Setembro de 2019

O mês de setembro último, que se consolidou, no Estado, como o 18° mês seguido de queda nos CVLIs, registrou 53,2%. O território que apresentou o melhor índice foi Fortaleza, com 63,3% de redução, indo de 120 para 44. Em seguida, veio o Interior Sul, com 54,5%, indo de 77 para 35. O Interior Norte foi de 86 para 40, com diminuição de 53,5%. Já a Região Metropolitana foi de 108 casos para 64, com redução de 40,7%. No total, foram 208 mortes a menos em relação ao mesmo período do ano passado.

Comentários