Contaminação de óleo deixa 44 tartarugas mortas nas praias do Ceará


Afetando a fauna e flora marítima, as manchas de óleo têm trazido prejuízos severos aos animais que vivem na água. No Ceará, até o momento, foram contabilizados 52 encalhes de tartarugas desde quando teve início a contaminação em setembro.

Os dados são do Instituto VerdeLuz.Das tartarugas encontradas, 44 morreram e oito estavam vivas. Onze das tartarugas mortas tinham marcas de óleo, duas no entanto, sobreviveram. Os locais com mais registros de encalhe são em Fortaleza, onde 14 animais foram encontrados, Aquiraz (10) e Aracati com 9 encalhes.

Segundo o relatório do Ibama, foram encontradas tartarugas mortas na Sabiaguaba, no Porto das Dunas, em Aquiraz, e em Jericoacoara. Contabiliza ainda uma ave morta na Praia do Cumbuco, em Caucaia, além de uma tartaruga marinha viva na Praia do Serviluz, em Fortaleza.

De acordo com a Superintendência Estadual do Meio Ambiente (Semace), três toneladas de óleo já foram retiradas do mar no Ceará.

via Ceará Agora

Comentários