Começa Festival Sérvulo Esmeraldo 90 anos em Crato


FOTO: Helosa Araújo Teve início na noite dessa quarta-feira (30), o Festival Sérvulo Esmeraldo 90 anos, realizado pelo Instituto Sérvulo Esmeraldo, em parceria com a Universidade Regional do Cariri (URCA) e Instituto Cultural do Cariri (ICC), com o apoio institucional do Governo do Estado do Ceará, por meio da Secretaria da Cultura do Estado. O apoio é da Prefeitura Municipal do Crato, por meio da Secretaria de Cultura.

O evento marca uma homenagem ao Ano Cultural Sérvulo Esmeraldo, determinado pelo Governo do Ceará, e comemora as nove décadas do artista. A programação ocorre até o dia 30 de novembro com atividades que incluem cursos, oficinas, residências artísticas e exposições.

A abertura do festival contou com a belíssima apresentação da Orquestra da Vila da Música e com a presença da viúva do artista e uma das curadoras do evento, Dodora Guimarães; do secretário de Cultura, Wilton Dedê; do assessor especial do gabinete, Dr. Claudio Esmeraldo; do vice-prefeito, André Barreto; do reitor da URCA, Dr. Francisco do O’ de Lima Júnior; entre outras autoridades, artistas, professores e alunos.

O Festival Sérvulo Esmeraldo 90 anos acontece no período de 30 de outubro a 30 de novembro e promoverá, no Crato, uma programação que inclui cursos, oficinas, residências artísticas e exposições com grandes nomes da arte e da pesquisa no Brasil.

Segundo Dodora, Sérvulo dedicou muito amor e atenção ao Crato. “Ele foi um artista atento e preocupado com a formação de outros artistas, ele lutou muito pela criação de escolas de arte e de espaços para que artistas pudessem exibir seus trabalhos”, comenta.

O secretário Wilton Dedê comemorou a conquista do município que conseguiu a liberação das peças de Sérvulo, as Pirâmides, que serão restauradas. “Esse é um reconhecimento ao legado do artista cearense, nascido no Crato em 1929, e o Governo do Estado do Ceará instituiu em 2019, por medida de Lei, o Ano Cultural Sérvulo Esmeraldo, comemorativo aos seus 90 Anos”, destaca Dedê.

via Gazeta Cariri

Comentários