Delegacia contabiliza 500 inquéritos do uso de documentos falsos


O uso de documentos falsos costuma ser o primeiro crime cometido de muitos outros que ainda estão por vir. Neste ano, só na Delegacia de Defraudações e Falsificações, foram contabilizados, aproximadamente, 500 inquéritos para apurar o uso de documentos falsos em todo o Estado do Ceará.

É comum o uso de ferramentas online para tentar fraudar documentos públicos ou particulares. Dados verdadeiros em um documento falso e fotografia substituída são algumas das artimanhas tentadas. Para prender estas pessoas e detectar os atos ilegais, a Segurança Pública também se vale da tecnologia.

Uma série de tentativas frustradas por parte do criminosos foi observada pelas autoridades nos últimos meses. Com modus operandi similar, diversos suspeitos deram entrada em pedidos de segunda via do RG se valendo de certidões de nascimento falsificadas. O trabalho da Pefoce vem resultando em prisões em flagrantes e impedindo que dezenas de identidades sejam entregues em “mãos erradas”.

via Ceará Agora

Comentários