Dois recém-nascidos são transportados em UTIs aéreas; um saiu de Juazeiro para Quixeramobim


Bebê em incubadora é colocado na aeronave para receber atendimento
avançado em hospital de outra região. FOTO: Ciopaer Dois recém-nascidos precisaram ser transportados de helicóptero de suas cidades de origem para receberem atendimento médico nesta sexta-feira (15) em hospitais de duas regiões distintas do Ceará.

De acordo com a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), a central de regulação do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) recebeu as demandas de transferência dos bebês para um tratamento mais avançado, no fim da manhã.

O primeiro acionamento foi para o transporte de um bebê de dez dias, com cardiopatia congênita, que foi levado do Hospital Regional Norte, em Sobral para Fortaleza em 50 minutos.

O segundo caso foi de um recém-nascido de apenas quatro dias, com Síndrome do Desconforto Respiratório (SDR). Ele foi levado em uma UTI neo-natal aérea de Juazeiro do Norte para o hospital do Sertão Central, em Quixeramobim. A duração do voo foi de 1 hora e 10 minutos. Os atendimentos ocorreram de forma simultânea nos dois extremos do estado.

“Ambos vieram porque seus quadros clínicos exigiam um hospital com cuidados mais adequados para os problemas que eles apresentavam”, explicou o tenente-coronel Marcus Costa, da Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer).          

   (G1 CE)

Comentários