Ceará tem transmissão comunitária do novo coronavírus, afirma secretário de saúde


O secretário de saúde do Ceará, Carlos Roberto Martins, Dr. Cabeto, anunciou através das redes sociais nesta sexta-feira (20), que as infecções do novo coronavírus já são por transmissão comunitária, quando não há mais como diagnosticar a origem. Ele afirma que as medidas que estão sendo tomadas pelo Estado, já são devido a constatação. O intuito é combater à doença.

Dr. Cabeto diz que até às 14h30 desta sexta-feira, o estado já tem 55 casos confirmados. “Devido a transmissão comunitária, a tendência é aumentar. É preciso diminuir a curva, diminuir os casos. Por isso que a gente reforça: não entre em pânico, estamos a disposição”, reforçou o médico.

Além disso, ele enfatiza que as pessoas terão sintomas mais leves como febre, coriza, mas não chegarão a ter a falta de ar, considerado mais grave. Ele diz que o Ceará já estava se organizando há alguns meses. “Há especulações de como será esse cenário no Brasil, no Nordeste. Nós estamos nos organizando para o pior cenário”, reforçou

Fonte site Badalo

Comentários