Governo suspende aulas presenciais até maio nas escolas e universidades do Ceará


O Governo do Estado prorrogou, por mais 30 dias, o prazo de suspensão de aulas da rede pública e privada de ensino como forma de evitar o contágio do novo coronavírus no Ceará. As atividades presenciais em escolas, cursos e universidades estão suspensas até o dia 2 de maio, conforme a decisão publicada no Diário Oficial do Estado de segunda-feira (30). Portanto, os estudantes devem retornar às salas dia 4 de maio.

Nessa segunda-feira (30), parte das escolas particulares do ensino fundamental e médio anteciparam as férias estudantes, programadas para julho, para o mês de abril, após a recomendação do Sindicato dos Estabelecimentos Particulares de Ensino no Ceará (Sinepe-CE).

A decisão leva em consideração a necessidade de conter a propagação da covid-19 no Ceará, em situação de emergência, e evitar a sobrecarga nas unidades de saúde do Estado. Conforme o último boletim da Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa), divulgado ontem (30), são 5 mortes e 382 infectados pela doença.

Na primeira decisão, no Decreto Nº 33.510, as aulas foram suspensas entre o dia 19 de março e 2 de abril deste ano. Seguindo as orintações, universidades públicas e privadas também suspenderam atividades presenciais e, nesta semana, prorrogaram a suspensão.

O Sistema Verdes Mares buscou a Casa Civil, a Secretaria da Educação do Estado do Ceará (Seduc) e o Sinepe para obter detalhes de como os calendários acadêmicos devem ser ajustados, mas ainda não houve retorno.
FOTO: THIAGO GADELHA
Fonte: Diário do Nordeste

Comentários