Grupo de romeiros percorre à pé 530 km até Juazeiro e encontra igrejas fechadas


FOTO: Toni Sousa Um grupo com 38 romeiros, oriundos da cidade de União dos Palmares, no estado de Alagoas, caminhou 534 km durante 15 dias, até chegar a Juazeiro do Norte, na manhã desta sexta-feira (20), para pagar promessa. Ao chegar na cidade, o grupo se deparou com as igrejas fechadas como forma de contenção ao novo coronavírus.

Um dos romeiros do grupo, Diogo da Silva Santos, conta que, durante esse tempo, não tiveram acesso à muitas informações. Ele diz que, quando saíram de Alagoas, não sabiam da disseminação do vírus, “na caminhada, no dia à dia, que ficamos sabendo. Só que já estávamos à caminho, resolvemos terminar a promessa”, conta o romeiro. 

Ao encontrar as igrejas fechadas, Diogo afirma que o impacto foi grande. “A minha promessa finalizava no Horto, mas vou ter que parar por aqui, porque não pode ultrapassar barreiras”, diz ele. 

MediaFOTO: Toni SousaDiogo vem de Alagoas trazendo um tijolo para pagar a promessa de uma casa. “Ano passado, ao subir o Horto, pedi ao meu padrinho que me desse a graça de uma casa e uma família, e ele me deu. Venho 534 km trazendo esse tijolo”, diz ele.

O grupo retorna ainda hoje para a cidade de origem, em um carro de apoio, depois que todos visitarem a frente da Igreja da Matriz, que encontra-se fechada.

(Fonte: Site Badalo)

Comentários