Gustavo Bebianno morre aos 56 anos, após infarto fulminante


Na manhã deste sábado (14), o ex-secretário geral da Presidência e pré-candidato a prefeito do Rio, Gustavo Bebianno, morreu após um infarto fulminante, aos 56 anos. Paulo Marinho, presidente estadual do PSDB, confirmou a informação.

Segundo Marinho, por volta de 4h30 Bebianno estava em Teresópolis, no Rio de Janeiro, onde teria ligado comunicado o filho que estava passando mal e se dirigiu ao banheiro para ingerir um remédio. Minutos depois, sofreu uma queda e teve ferimentos na cabeça.

Bebianno chegou a ser levado para um hospital da cidade, mas acabou falecendo. Ainda não há informações sobre o velório.

Fonte Notícias ao Minuto

Comentários