Operação Marias prende 36 pessoas por crimes de violência contra a mulher no Ceará


A Polícia Civil prendeu, nesta quinta-feira (5), 36 pessoas foragidas suspeitas de crimes de violência contra a mulher no Ceará na Operação Marias. Ao todo, foram expedidos 40 mandados de prisão para serem cumpridos em Fortaleza, Região Metropolitana, interior norte e sul do estado. Não houve mandado de busca e apreensão no estado. 

O Ceará foi o terceiro estado brasileiro e o primeiro do Nordeste em número de prisões, de acordo com a polícia civil cearense. Minas Gerais e Rio Grande do Sul tiveram o maior número de capturados. 

Em movimento nacional, a Operação Marias foi realizada em 18 estados e no Distrito Federal, coordenada pela Polícia Civil do Rio Grande do Sul. O objetivo é coibir e penalizar este tipo de crime. A operação ocorre três dias antes do Dia Internacional da Mulher. 

Participaram da operação no Ceará 240 policiais, com o apoio de 80 carros. A Operação Marias foi coordenada pelo Departamento Técnico-Operacional (DTO) e pelo Departamento de Proteção aos Grupos Vulneráveis (DPGV).                    (G1 CE)

Postar um comentário

0 Comentários