Universitário é preso por se masturbar na frente de alunas na biblioteca de faculdade no Ceará


Notebook e celular apreendidos com universitário preso
por se masturbar na frente de alunas, em CanindéUm universitário de 22 anos foi preso por importunação sexual por se masturbar na biblioteca da universidade na frente de estudantes, em Canindé. O jovem foi capturado dentro da biblioteca quando já estava pronto para cometer o crime novamente, segundo a Secretaria da Segurança Pública do Ceará. 
A polícia apreendeu um notebook e um aparelho celular na casa do suspeito, que vão ser analisados. 

Os agentes de segurança chegaram ao estudante após as vítimas registrarem boletim de ocorrência na Delegacia Regional de Canindé. Conforme relato delas, o rapaz agia dentro da biblioteca, se aproximava das vítimas e se masturbava na frente das alunas. 

Um inquérito policial foi instaurado e um mandado de prisão preventiva foi solicitado para o Poder Judiciário da Comarca de Canindé pelo crime de importunação sexual. 

Após a prisão, outras vítimas procuraram a polícia e registram novas denúncias, de acordo com a secretaria. 

A importunação sexual é definida como prática de ato libidinoso contra alguém sem a sua anuência “com o objetivo de satisfazer a própria lascívia ou a de terceiro”. A pena prevista varia de um a cinco anos de prisão – se o ato não constituir crime mais grave.                        (G1 CE)

Postar um comentário

0 Comentários