A cada quatro mortos por Covid-19 no Ceará, um tem menos de 60 anos


Dos óbitos causados pela Covid-19, doença provocada pelo novo coronavírus, no Ceará, 25% ocorreu em pacientes com menos de 60 anos, de acordo com o IntegraSUS, plataforma da Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa) – ou seja, uma em cada quatro mortes. Até esta segunda-feira (13), o Estado contabiliza 85 óbitos, distribuídos em 16 cidades. 

Do total de mortos, 21 tinham idade de 0 a 59 anos; sete eram mulheres e 14 eram homens. Todos estavam fora da faixa etária de risco, que abrange idosos com mais de 60 anos, conforme as autoridades de saúde.

Dos cearenses abaixo dessa idade, seis tinham de 50 a 59 anos e, nove, de 40 a 49 anos. Um homem de 35 a 39 anos e três pessoas de 30 a 34 anos também faleceram pela doença. Um jovem com idade entre 25 e 29 anos e uma menina entre 0 e 4 anos de idade são outras vítimas fatais que aparecem na contagem do IntegraSUS. 

Letalidade 
De acordo com o Ministério da Saúde, a taxa de letalidade da covid-19 é de apenas 0,2% dos casos na faixa entre 10 e 39 anos, aumentando significativamente até vitimar 8% dos pacientes entre 70 e 79 anos e 14,8% dos idosos com 80 anos ou mais. 

Ainda no Ceará, dos 64 mortos registrados com idade acima de 60 anos, 13 tinham entre 60 e 69 anos; 28, entre 70 e 79 anos; e 23 com idade igual ou superior a 80 anos. Segundo o IntegraSUS, a média de idade dos óbitos no Estado é de 67 anos. 

A plataforma da Sesa indica que a média de tempo decorrido entre o início dos sintomas e a morte é de pouco mais de 10 dias, no Estado. Já o tempo médio de internação é de 4,5 dias.                       

  (Diário do Nordeste)

Postar um comentário

0 Comentários