Até março, mais de 3 mil trabalhadores tiveram pedidos de aposentadoria rural negados no Ceará


As aposentadorias rurais que são um benefício fundamental para garantir uma fonte de renda a milhares de trabalhadores do interior do estado vêm sofrendo redução gradativa no Ceará. Entre 2018 e 2019, o número de pedidos concedidos caiu 17,8%, passando de 23.860 para 19.599 pedidos, segundo o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

No mesmo período, o número de recursos negados aumentou 13,6%. Em 2018, foram 15.042 pedidos, enquanto em 2019 o número saltou para 17.414. Até março deste ano, 3.886 pessoas já tiveram o benefício negado.

Por conta da pandemia, uma portaria publicada no Diário Oficial da União desta quinta-feira (16), autoriza o INSS a dispensar, por 120 dias, a autenticação de documentos nas agências físicas.

Já nas situações em que o responsável tem dúvidas sobre a documentação apresentada pelo trabalhador e o INSS exige as respectivas comprovações, o cumprimento das exigências estão suspensos até o retorno do atendimento presencial.

via Ceará Agora

Postar um comentário

0 Comentários