Grupo doa quentinhas e água para caminhoneiros em estrada no interior do Ceará


Mesmo com a determinação do governo do estado que permite a abertura de restaurantes em trechos às margens de rodovias que cortam o Ceará, caminhoneiros relatam dificuldade em conseguir garantir as refeições básicas do dia a dia. Solidarizados com a situação, um grupo de três irmãos reuniu amigos em Umirim, no interior do Ceará, para doar quentinhas e água aos caminhoneiros que passam no trecho da BR-222 que corta a cidade. 

Na tarde desta sexta-feira (3), o grupo realizou a doação de 50 quentinhas e 50 garrafas de água mineral para os motoristas. A ideia partiu dos irmãos Ridley Andrade, Denise e David, que moram próximo à rodovia, onde o fluxo de caminhões é intenso. 

Media
“Estamos vendo a dificuldade dos caminhoneiros. Eles estão se arriscando para trazer alimentos para todos nós e não conseguem a própria alimentação. A gente viu que podia ajudar dessa forma, com a doação das quentinhas e de água mineral”, conta Ridley. 

Na ação, os irmãos desembolsaram aproximadamente R$ 300 para comprar o material necessário pra fazer a alimentação distribuída de forma gratuita aos caminhoneiros. 

“Foi a gente mesmo que comprou os alimentos. Preparamos em nossa residência. Depois, convidei uns amigos para fazer a entrega com a gente. A parte das verduras pras comidas não foi preciso comprar porque eu vendo frutas e verduras. Já tinha tudo aqui. Já foi um gasto a menos”, contou Ridley.

Gratidão 
Juntamente com os irmãos, os amigos Luan, Assis, Rutimilla e Nailton se concentraram às margens da rodovia para oferecer as doações. Com um cartaz escrito “doações de quentinhas para caminhoneiros” erguido por Assis, o material foi aos poucos sendo esvaziado do carro à beira da estrada.

Media
“Todos agradeceram muito a gente. Muitos deles disseram que não sabiam nem onde iam comer porque não tinha nada aberto”, lembra Ridley. 

Após o sucesso, o grupo já se prepara para uma nova ação: “A gente vai se organizar para fazer de novo na próxima semana”, finaliza.                         (G1 CE)

Comentários