Internado com suspeita de coronavírus, reitor da Uece é transferido para UTI e passa a usar ventilação mecânica


O reitor da Universidade Estadual do Ceará (Uece), professor Jackson Sampaio, foi transferido para uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e submetido a respiração por ventilação mecânica. Desde a última segunda-feira, o médico psiquiatra está internado com suspeita de Covid-19 em hospital particular de Fortaleza. As informações sobre o estado de saúde de Sampaio foram confirmadas pela assessoria da instituição de ensino, na noite desta quinta-feira (23). 

Apesar do agravamento da insuficiência respiratória, o quadro de saúde do reitor é estável. 

Os primeiros sintomas de Covid-19 começaram no dia 13 de abril. Ele foi submetido ao exame para detectar o novo coronavírus, mas o resultado ainda não foi divulgado. Outros testes realizados, porém, indicam a possibilidade de infecção pelo vírus. 

Jackson Sampaio foi empossado como reitor em 2012 e é professor titular em Saúde Pública. Ele atuou, ainda, como diretor do Centro de Ciências da Saúde (CCS) da Uece durante cinco anos. 

Casos de Covid-19
O Ceará alcançou 4.702 diagnósticos positivos e 271 óbitos em decorrência da Covid-19 até as 17h desta quinta-feira (23), conforme dados da plataforma IntegraSUS da Secretaria Estadual da Saúde (Sesa). 

Em relação aos dados fornecidos no mesmo horário desta quarta-feira (22), houve um acréscimo de 586 novos resultados positivos para o vírus, além de mais 32 mortes confirmadas.. Desde o dia 15 de março, quando a Sesa divulgou os três primeiros casos de Covid-19 no Ceará, este é o pior dia da pandemia no Estado, com recorde tanto de óbitos registrados como de casos confirmados.       

 FOTO: Natinho Rodrigues  

(G1 CE)

Comentários