Tigre de zoológico em Nova York é diagnosticado com coronavirús


Um tigre no zoológico do Bronx testou positivo para o novo coronavírus, no que se acredita ser a primeira infecção conhecida em um animal nos EUA ou um tigre em qualquer lugar, disseram autoridades federais e o zoológico.

Acredita-se que o tigre de 4 anos chamado Nadia e outros seis tigres e leões que tenham ficado doentes tenham sido infectados por um funcionário do zoológico que ainda não apresentava sintomas, disse o zoológico.

O primeiro animal começou a apresentar sintomas em 27 de março, e todos estão indo bem e com expectativa de recuperação, disse o zoológico, que está fechado ao público desde 16 de março, em meio ao surto de coronavírus em Nova York.

“Testamos o felino com muita cautela” e pretendemos “contribuir para a contínua compreensão mundial desse novo coronavírus”, disse o Dr. Paul Calle, veterinário-chefe do zoológico.

A descoberta levanta novas questões sobre a transmissão do vírus em animais. O Departamento de Agricultura dos EUA, que confirmou o resultado do teste de Nadia em seu laboratório veterinário, diz que não há casos conhecidos do vírus em animais ou animais de estimação dos EUA.

Via: Renan Brites
Fonte: nationalgeographic.com

Comentários