46,5 milhões de pessoas tiveram o auxilio negado; boa parte não tem direito e outra precisa atualizar os dados


Segundo dados publicados nesta quinta (30) pela Dataprev, empresa pública que está responsável por identificar quem tem direito a receber o auxílio emergencial de R$ 600, 46,5 milhões de pessoas tiveram o auxílio emergencial negado.

O levantamento se refere aos cadastros feitos no período de 7 a 22 de abril. Dos 46,5 milhões de CPFs barrados, 32,8 milhões foram considerados inelegíveis (ou seja, não se enquadram nos requisitos para pedido do auxílio) e 13,7 milhões estão inconclusivos, necessitam de complemento cadastral.

Leia também: Um milhão de trabalhadores com contratos suspensos ou redução de salário começam a receber auxílio na segunda-feira

Do total de 97 milhões de requerimentos, 50,5 milhões foram classificados pelos órgãos como elegíveis – atenderam aos critérios da lei. Desses, 50 milhões receberam o benefício, segundo a Caixa, que repassa o valor de acordo com as liberações graduais do governo federal.

Confira o detalhamento de cada grupo que pediu o auxílio emergencial – dados do Dataprev do dia 30:

GRUPO 1 – MEIs, CIs e Informais (aplicativo e portal Caixa)
Cadastros recebidos: 46 milhões.
Cadastros processados: 44,9 milhões (97,7%)
CPFs Elegíveis: 20,52 milhões.
CPFs Inelegíveis: 10,77 milhões.
CPFs Inconclusivos (com necessidade de revisão cadastral): 13,67 milhões

GRUPO 2 – (Cadastro Único e beneficiários do Programa Bolsa Família)
Cadastros recebidos: 19,9 milhões.
Cadastros processados: 19,9 (100%).
CPFs Elegíveis: 19,2 milhões (41,8 milhões de pessoas beneficiadas) *
CPFs Inelegíveis: 0,7 milhões.
* número computa os CPFs elegíveis + membros das famílias

GRUPO 3 – (Cadastro Único e não beneficiários do Programa Bolsa Família)
Cadastros recebidos: 32,1 milhões.
Cadastros processados: 32,1 (100%).
CPFs Elegíveis: 10,8 milhões. (21,6 milhões de pessoas beneficiadas) *
CPFs Inelegíveis: 21,3 milhões.
* número computa os CPFs elegíveis + membros das famílias

IG Econômia

Comentários