Covid-19: 116.683 brasileiros recuperados


O número representa 40% do total de casos confirmados no Brasil. Nas últimas 24h, 9.889 pessoas se recuperaram da doença. As informações foram atualizadas até as 19h desta quarta-feira (20/5)
O Brasil confirmou nesta quarta-feira (20) que 116.683 pessoas já se recuperaram do coronavírus em todo o país. Nas últimas 24h, 9.889 pessoas se recuperaram da doença. O número representa 40% do total de casos confirmados atualmente (291.579). Há ainda 156.037 pacientes em tratamento. As informações foram atualizadas até as 19h e repassadas pelas Secretarias Estaduais de Saúde.

O Governo do Brasil, junto às secretarias de saúde estaduais e municipais, está cuidando de todos. São investimentos em ações e serviços, aquisição de insumos, respiradores, equipamentos e EPIS, além da habilitação de leitos de UTI. Desde abril, a pasta já habilitou 6.142 leitos exclusivos de UTI exclusivos para pacientes graves ou gravíssimos da doença. Somente na última semana foram 2.352 habilitações. Cada leito recebe o dobro do valor por diária de internação. Ao todo, já foram investidos R$ 882,3 milhões, pagos em parcela única para todos os estados brasileiros.

Até o momento, o país registra 19.951 óbitos, sendo que 888 foram registrados nos sistemas de informação oficiais do Ministério da Saúde nas últimas 24h, apesar de a maioria ter acontecido em outros dias. Isso porque as notificações ocorrem apenas após a conclusão da investigação dos motivos das mortes. Desse total, 223 mortes ocorreram, de fato, nos últimos três dias e outras 3.483 estão em investigação.

GRUPOS DE RISCO
Pessoas acima de 60 anos se enquadram no grupo de risco, mesmo que não tenham nenhum problema de saúde associado. Além disso, pessoas de qualquer idade que tenham doenças pré-existentes, como cardiopatia, diabetes, pneumopatia, doença neurológica ou renal, imunodepressão, obesidade, asma, entre outras, também precisam redobrar os cuidados nas medidas de prevenção ao coronavírus.

Foto: Reprodução

Fonte: Ministério da Saúde

Postar um comentário

0 Comentários