Família de Flávio Migliaccio deve processar Estado do Rio por vazamento de fotos do corpo do ator


Segundo publicação do colunista Daniel Castro, a família do ator Flávio Migliaccio deve processar o Estado do Rio de Janeiro pelo vazamento das fotos do corpo do ator, que foi encontrado morto na segunda-feira (4). O advogado Sylvio Guerra foi acionado por Marcelo Migliaccio, filho do artista.

Em publicação no Instagram, Guerra contou que a ação terá foco em dois agentes da Polícia Militar do Rio. “Divulgaram foto do meu cliente em condições que se encontrava dentro de seu quarto após suicidar-se”, completou. Ainda de acordo com o profissional, as imagens foram colhidas sem autorização da família.

“Esses policiais carregam a bandeira do Estado em suas fardas. Além de vilipêndio de cadáver, elencado no Código Penal, buscaremos em face do Estado, danos causados pela absurda, abusiva e mórbida divulgação da foto de meu cliente”, escreveu no restante da publicação.

Falecimento

O ator Flavio Migliaccio foi encontrado morto na manhã de segunda (4) em um sítio na Serra do Sambê, em Rio Bonito, no Rio de Janeiro. O local era mantido pelo ator desde a década de 1970. Uma carta de despedida foi deixada aos familiares em que ele diz que a humanidade “não deu certo”.

foto: Fábio Cordeiro/ Ed. Globo.

Fonte: Diário do Nordeste

Postar um comentário

0 Comentários